Encontre-nos no Facebook

Login form

Início » 2013 » Setembro » 19 » Confiante, Jon Jones dispara contra Glover: 'Não acho que é o cara que vai me vencer'
10:51 PM
Confiante, Jon Jones dispara contra Glover: 'Não acho que é o cara que vai me vencer'



Prestes a enfrentar Alexander Gustafsson no UFC 165, no duelo marcado para este sábado (21), em mais uma defesa do cinturão dos meio-pesados (até 93kg), o campeão Jon Jones já pensa em um possível duelo com o próximo desafiante na fila pelo ponto de melhor lutador da sua categoria. Caso saia vencedor do combate desde final de semana, o norte-americano terá pela frente o brasileiro Glover Teixeira, que não é tratado pelo rival como um adversário que possa derrubá-lo.

"Achei que ele deu sinais de ser um lutador de alto nível. Não acho que ele está pronto para me vencer. Levar socos fortes de Bader me mostrou onde ele está. Não importa qual é a sua desculpa, isso aconteceu. Se você é um veterano e diz ter permitido que a confiança exagerada seja sua fraqueza, ainda assim é uma fraqueza você ter permitido isso. Se você tem um ótimo oponente e um bom entendimento, então você não vai apressar as coisas contra um cara como o Ryan Bader, que obviamente vai te socar bastente e com força. Não acho que ele é o cara que vai me vencer”, disse ao site americano MMA Fighting.

Além do brasileiro, quem também aparece como possível adversário de Jones é o peso-pesado Daniel Cormier, que já acenou com a possibilidade de descer de categoria após enfrentar Roy Nelson no UFC 166, dia 19 de outubro.

Sobre o seu compatriota, Jones foi mais rispido e desdenhou da chance de tê-lo como um futuro rival pelo cinturão dos meio-pesados.

"Para ser honesto, não acho que Daniel Cormier realmente mereça uma grande luta. Não o respeito como pessoa. Acho que lutar contra mim seria a oportunidade da vida dele. Não acho que eu tenho muito a ganhar se derrotar Cormier, porque ninguém sabe quem ele é, e ele realmente não provou muito ainda”, disparou o campeão.

Jon Jones defende seu cinturão na noite deste sábado, em Toronto, no Canadá, na principal luta do card do UFC 165, que ainda Renan Barão contra Eddie Wineland e Brenadan Schaub e Matt Mitrione. Caso vença o duelo contra Gustafsson, Jonnes chegará a seis defesas de cinturão na categoria e baterá o recorde de Tito Ortiz.

Fonte:
http://virgula.uol.com.br/
Visualizações: 263 | Adicionado por : Leandro | Avaliação: 0.0/0
Total de comentários: 0
Nome *:
Email *:
Código *: